Quebra de safra: setor reivindica prorrogação de dívida

AIBA - Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia > Notícias > Notícias > Quebra de safra: setor reivindica prorrogação de dívida

REUNIAO DO MAPA 0616A fim de unificar as iniciativas em busca de soluções para o endividamento dos produtores rurais atingidos por problemas climáticos, o Instituto Pensar Agropecuário (IPA), a pedido da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), está liderando uma articulação junto ao Ministério da Agricultura. Como houve excesso de chuva no Rio Grande do Sul e seca nos estados do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), além do Mato Grosso e Goiás, muitos agricultores amargam prejuízos por causa das intempéries climáticas, o que justifica a mobilização. A ação conta com a colaboração da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

De acordo com o vice-presidente do IPA, Júlio Cézar Busato, foram realizadas reuniões com técnicos da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, a fim de montar uma estratégia de trabalho. Busato explica as principais reivindicações: “primeiro: prorrogação dos custeios de quem foi afetado. Segundo: prorrogar a parcela dos investimentos que vai vencer agora e jogar para a última prestação. Mas nós vamos trabalhar só para as regiões que tiveram problemas climáticas e quebra de safra e para o que está vencido ou a vencer relativo a esta safra; buscar para que não haja ações de cobrança nos bancos e buscar novos custeios. O que precisamos é que o agricultor viabilize a próxima safra. É isso que precisamos, é isso que todo mundo quer”.

Busato esclarece que esse apelo ao governo para prorrogação dos financiamentos de custeio e investimento se justifica porque são muito grandes os prejuízos dos produtores.

Clique no link para ter acesso à íntegra da entrevista de Busato à Rádio FPA: https://soundcloud.com/fpagropecuaria/quebra-de-safra-setor-reivindica-prorrogacao-de-dividas

Com informações da FPA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.