Projeto ABC Cerrado contrata consultores

AIBA - Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia > Notícias > Notícias > Projeto ABC Cerrado contrata consultores

cerradoProjeto ABC Cerrado, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) seleciona quatro especialistas em tecnologias de baixa emissão de carbono para atuarem como consultores do Projeto ABC Cerrado.  Os interessados devem fornecer informações demonstrando que possuem as qualificações necessárias e experiência relevante para executar os serviços até o próximo dia 19. Os termos de referência com os detalhes de cada cargo estão disponíveis no endereço eletrônico www.senar.org.br/biblioteca/licitacoes.

Será contratado um consultor para cada uma das seguintes tecnologias: florestas plantadas; integração lavoura-pecuária-floresta; recuperação de pastagens degradadas e sistema de plantio direto.
Dentre outras atividades eles serão responsáveis pela elaboração de material didático e planos instrucionais, bem como a capacitação de instrutores, supervisores e técnicos de campo.

A qualificação mínima para a execução dos serviços é graduação e pós-graduação em ciências agrárias ou áreas correlatas, com desejável formação na área de gestão de projetos. O candidato deve possuir ainda experiência mínima de 10 (dez) anos em trabalhos com a tecnologia para a qual pretende participar do processo de seleção.
Projeto ABC Cerrado

O Projeto Produção Sustentável em Áreas já Convertidas para o Uso Agropecuário (Projeto ABC Cerrado), executado conjuntamente pelo Mapa, Embrapa e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), tem o objetivo de capacitar produtores rurais e técnicos do bioma Cerrado nas tecnologias preconizadas pelo Plano de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (Plano ABC), visando aumentar a área produzida sob sistemas sustentáveis de produção e diminuir a pressão sobre as florestas nativas, contribuindo assim para a redução da emissão de gases de efeito estufa.

Até 2018 serão aportados US$ 10,62 milhões em recursos oriundos do Programa de Investimentos Florestais (FIP, na sigla em inglês) e administrados pelo Banco Mundial, para realização de cursos sobre recuperação de pastagens degradadas, integração lavoura-pecuária-floresta, sistema plantio direto na palha e florestas plantadas a serem ministrados para produtores rurais localizados no bioma Cerrado. Adicionalmente, o projeto prevê a formação de prestadores de assistência técnica nessas tecnologias para assessoria a produtores selecionados.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação Social
(61) 3218-3086/2203
Gustavo Chaves Lopes
imprensa@agricultura.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.