Pesquisa do IBGE indica crescimento de 39% na safra baiana de grãos

AIBA - Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia > Notícias > Notícias > Pesquisa do IBGE indica crescimento de 39% na safra baiana de grãos

milhoA safra baiana de grãos apresentou crescimento de 39,4% com a produção de 8,5 milhões de toneladas, superando em 2,4 milhões de toneladas a de 2013. Os dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) do mês de março, elaborado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e analisado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan), também sinalizam estimativa otimista para 2014.

Conforme a pesquisa, a área plantada mostra elevação de 2,2% em relação ao mesmo período de 2013. Milho e algodão registraram maior expansão, com 25% e 21,1%, respectivamente. O milho, que teve a safra revisada para cima, chega agora à produção estimada de 3,1 milhões de toneladas, representando crescimento de 50,3% em relação à do ano passado.

Os dados relativos à soja contabilizam 3,7 milhões de toneladas, um crescimento de 35,9% em comparação a 2013. O algodão também registrou alta considerável de 34,8%. Ainda de acordo com o levantamento, a mandioca e a cana de açúcar tiveram queda de 26,2% e 11,9%, respectivamente.

Segundo a análise da SEI, a melhora do desempenho da safra de grãos observada nessa terceira LSPA do ano decorre da revisão nas estimativas de produção de algodão, milho e soja. O primeiro previa resultado igual ao da safra de 2013, enquanto o milho aumentou cerca de 700 mil toneladas em relação ao último levantamento, de fevereiro de 2014.

Conab

Os dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a primeira safra de 2014, referentes ao sétimo levantamento da produção de grãos da safra 2013/2014 (março), também continuam apontando expansão na safra de grãos, que pode chegar ao crescimento de 32,6%. Nesse levantamento também houve ajustes na produção de milho e soja, que agora têm expectativa de aumento de 52,1% e 22,1%, respectivamente. As demais culturas permaneceram com os dados inalterados – algodão (+33,2%), feijão (+29,4%) e sorgo (+526,3%).

Os dados da Conab seguem metodologia diversa da adotada pelo IBGE, uma vez que o levantamento em relação ao ‘ano safra’, vai de outubro de 2012 a setembro de 2013, enquanto o IBGE considera o ano civil.

Fonte: Secom/Governo da Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.