Operação Bahia Sem Fogo 2014 é intensificada na região oeste

AIBA - Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia > Notícias > Notícias > Operação Bahia Sem Fogo 2014 é intensificada na região oeste

fogoA Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) fortaleceram as ações de fiscalização e combate aos incêndios florestais da Operação Bahia Sem Fogo 2014, na região oeste, com a realização, na Unidade Regional do Inema – Barreiras, da segunda reunião, este ano, do Subcomitê de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais.

A reunião teve como pauta o balanço das atividades de prevenção na região, planejamento da fiscalização e combate pelo Corpo de Bombeiros, resultados e planejamento das atividades realizadas pelos municípios, apresentação do projeto de combate elaborado pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) para a cidade de Luis Eduardo Magalhães e procedimentos do Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir).

Para a coordenadora de Fiscalização Preventiva do Inema, Fabíola Cotrim, os trabalhos realizados este ano demonstram os avanços alcançados com a criação do subcomitê e das novas ferramentas de apoio no planejamento e combate a incêndios. “No primeiro semestre, fortalecemos as atividades de prevenção com a sensibilização das comunidades, realizando visitas técnicas e educação ambiental. Contamos também com o Geobahia, instrumento fundamental no planejamento, pois disponibiliza informações georreferenciadas das áreas com maiores ocorrências de incêndios, infrações cometidas, dentre outras ações”.

Brigadas

Cotrim ressalta ainda a necessidade de fortalecer e alinhar as ações entre as brigadas. “Esta reunião marca o início dos trabalhos de combate, visto que estamos no período de estiagem na região (maio a outubro), época que se observa uma maior incidência nos registros de incêndio. As brigadas da região já combateram alguns focos de incêndio nos municípios de Barreiras, Luis Eduardo Magalhães e São Desidério”.

De acordo com o serviço de meteorologia do Inema, neste período, a previsão do tempo para a região oeste é de céu ensolarado e sem chuvas. A atuação de uma intensa massa de ar quente e seco sobre essas áreas contribui para o aumento das temperaturas e diminuição da umidade relativa do ar. Não são esperadas mudanças significativas até o mês de outubro, quando se inicia o período chuvoso na região.
“É importante destacar que essa previsão de tempo quente e seco, aliada à vegetação já ressecada, aumenta os riscos de ocorrer novos focos de queimadas ou até mesmo a propagação de alguns pequenos focos já existentes, o que mantém essas regiões em estado de atenção”, explica meteorologista do Inema, Heráclio Alves.

Fonte: Secom BA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.