Maratona do Fundesis inaugura melhorias em instituições de Santa Maria da Vitória e Correntina

AIBA - Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia > Notícias > Notícias > Maratona do Fundesis inaugura melhorias em instituições de Santa Maria da Vitória e Correntina

c1A Casa da Divina Providência, único abrigos de idosos do município de Santa Maria da Vitória, inaugurou uma nova ala com três quartos, dois banheiros e um refeitório. Com esta ampliação, os 12 idosos que vivem no local terão mais conforto e facilidade de locomoção. A nova infraestrutura faz parte das benfeitorias que o Fundesis entregou em Santa Maria e Correntina.

Segundo a presidente da Casa da Divina Providência, Lindaura de Moraes, o frágil sistema de drenagem da cidade, fazia com que durante os meses de chuva, o abrigo ficasse alagado. “Perdíamos cama, colchão, geladeira e fogão. Se não fosse o Fundesis, estaríamos até hoje nesta situação”, conta Lindaura, acrescentando que “ com a ampliação, o abrigo passou a oferecer atendimento médico e a desenvolver atividades culturais”.

Já em Correntina, o Fundesis inaugurou o novo refeitório do Centro de Convivência Irmã Zélia Magalhães Brandão, onde vivem 19 idosos. Com uma estrutura que inclui casas individuais, praça central, posto médico e lavanderia, o Centro passa a contar com um refeitório com capacidade para oferecer cerca de 70 refeições por dia. Os idosos agora farão suas refeições em um lugar amplo, arejado e confortável.

c2Diariamente, 12 funcionários cuidam dos idosos que recebem atendimento médico, fisioterápico e psicológico. Para Ana Lúcia Pereira, que faz parte da equipe há oito anos, o novo refeitório vai contribuir muito para a socialização dos idosos. “Agora todos eles estarão reunidos em um lugar, fazendo as refeições juntos”, comemorou.

“A qualidade de vida dos idosos é outra depois do Fundesis. A transformação não é apenas visual, mas também na importância da compreensão social dessa atividade”, afirmou padre Carlinhos, presidente do Centro de Convivência.

Ao cair da tarde, o som do reisado invadiu o novo salão de eventos da Associação Trabalhadores Rurais do Salto, também em Correntina. O espaço foi construído com recursos do Fundesis e vai contribuir para as ações de preservação da cultura nordestina, através de aulas de zabumba e também na difusão do reisado e da dança de roda. Também foram construídos dois banheiros no salão

c3“Antes dessa construção, as reuniões aconteciam na escola da comunidade e, nos fins de semana, quando não havia aula, ficávamos sem ter onde ensaiar. Nos dias de missa, não tínhamos banheiros para usar. Os moradores precisavam dessas melhorias”, comemorou Juscelino Ramos, presidente da associação.

Santa Maria da Vitória e Correntina fazem parte dos 10 municípios do Oeste da Bahia que já foram contemplados pelo Fundo. “ O Fundesis já transformou a vida de mais de 30 mil pessoas no Oeste da Bahia. É uma alegria e satisfação muito grande cumprir essa função social”, disse Makena Thomé, coordenadora do Fundesis.

“O Fundesis é o reconhecimento dos Agricultores com essa região que escolhemos para trabalhar e viver. É a forma de retribuir nosso crescimento; investindo em educação, saúde e gerando renda e emprego para essa população”, afirmou Júlio César Busato, presidente da Aiba e do Fundesis.

Texto e fotos: Ascom Aiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.