Mapa promove primeira reunião nacional sobre o Plano ABC

AIBA - Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia > Notícias > Notícias > Mapa promove primeira reunião nacional sobre o Plano ABC

mapaPlano já capacitou 20 mil técnicos e disponibilizou mais de R$ 6 bilhões em financiamentos

O Plano ABC foi aprovado e implementado em maio 2011 e, desde então, tem promovido a disseminação no Brasil de tecnologias de produção sustentáveis na agricultura para reduzir a emissão de carbono na atmosfera. Para avaliar o andamento dos trabalhos, evidenciar os avanços e discutir ajustes e novas atividades necessárias para que as metas sejam atingidas, ocorre na próxima semana (entre os dias 7 e 9 de abril), na Conab, a primeira reunião nacional sobre a proposta.

A organização do evento é da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo (SDC) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e vai reunir representantes dos Grupos Gestores Estaduais do Plano ABC das 27 Unidades da Federação.

A reunião vai contar com a presença do ministro da Agricultura, Neri Geller, e do secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo, Caio Rocha. Também participam o secretário de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Valter Bianchini, o secretário de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Carlos Klink, o coordenador da Comissão Interministerial de Mudanças Climáticas (CIM) da Casa Civil, Johaness Eck, e o presidente da Embrapa, Maurício Lopes.

Saiba mais

O Plano ABC é uma política pública que apresenta o detalhamento das ações de mitigação e adaptação às mudanças do clima para o setor agropecuário e estabelece de que forma o Brasil pretende cumprir os compromissos assumidos de redução de emissão de gases de efeito estufa no setor, contribuindo para as ações do governo federal para o enfrentamento das mudanças climáticas.

Desde a implantação do Plano, já foram capacitados em todo o país quase 20 mil técnicos e produtores rurais e financiados R$ 6,55 bilhões em tecnologias para o campo, totalizando mais de 23 mil contratos firmados.

Fonte: Ascom MAPA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.