Mais duas turmas do Programa Jovem Aprendiz na área rural foram certificadas em Barreiras

AIBA - Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia > Notícias > Notícias > Mais duas turmas do Programa Jovem Aprendiz na área rural foram certificadas em Barreiras

Experiência profissional é um dos principais requisitos das empresas em relação aos candidatos a uma vaga no mercado de trabalho. Este fator é um grande obstáculo para a entrada de jovens no primeiro emprego, mas nem todos enfrentam essa circunstância. Os alunos do Programa Jovem Aprendiz na área rural do Oeste baiano, por exemplo, se preparam para vencer essa barreira e tornam-se aptos a trabalhar na função de Supervisor Agrícola, em propriedades rurais, após um curso que dura 10 meses. 

Esta foi a jornada de cada um dos 77 jovens certificados nesta segunda-feira (13), pelo Programa Jovem Aprendiz na área rural, sob a responsabilidade do Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (SPRB), filiado ao Sistema Faeb Senar. O período de instrução, de 800 horas, é realizado na Fazenda Modelo Paulo Mizote, estrutura mantida pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) no município de Barreiras. A programação contempla a parte teórica, composta por 400 horas/aula, e o módulo prático, que é ministrado nos campos experimentais e no laboratório da instituição.

O recém certificado Edson Natividade dos Santos falou sobre a etapa de preparação.  “Sempre tem aquele nível de dificuldade que faz parte do processo, e a gente supera com o trabalho em equipe e muita dedicação. Essa exigência nos fez trabalhar com mais garra e contribuiu para o crescimento de todos”, refletiu. O instrutor do Senar, Caio Guerra Galvão, que ensinou sobre agricultura de precisão, considera que as duas turmas têm grande potencial de desenvolvimento no meio agrícola. Para ele, empenho, capacidade e disciplina estão entre as principais qualidades

A Aiba e o Instituto Aiba foram representados no ato de encerramento do curso, pelo diretor financeiro, Hélio Hopp, e a coordenadora do Fundesis, Aléssia Oliveira. “Os alunos demonstraram dedicação e extraíram o melhor do curso. Eles sabem que, no mercado, não podem se contentar em ser um profissional mediano. Para vencer, o jovem deve ser persistente, traçar metas profissionais e encarar os desafios com inteligência e disposição”, declarou o dirigente. Hopp desejou aos concluintes uma caminhada vencedora, no setor que mais contribui para o progresso da economia nacional

“O Programa Jovem Aprendiz resolve o problema do produtor que precisa de mão de obra capacitada e dá ao jovem uma oportunidade de entrar, mais preparado, para o mercado de trabalho. Tudo isso é feito em um ambiente controlado, supervisionado pelo Senar, com as metodologias mais adequadas para acelerar esse processo de aprendizagem”, disse David Schmidt, presidente do Sindicato de Produtores Rurais de Barreiras (SPRB). Além dos concluintes do curso, representantes de RH dos empreendimentos rurais marcaram presença na solenidade.

 

Imprensa Aiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.