Em Salvador, Júlio Busato e Marcus Cavalcanti discutem sobre obras estruturais para o Oeste da Bahia

AIBA - Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia > Notícias > Infraestrutura Antigo > Em Salvador, Júlio Busato e Marcus Cavalcanti discutem sobre obras estruturais para o Oeste da Bahia

seinfra-capa

Júlio Busato e Marcus Cavalcanti.

O presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Júlio Cézar Busato, esteve, nesta quinta-feira (4), em Salvador, em audiência com o secretário de infraestrutura Marcus Cavalcanti, para discutir a recuperação das rodovias do Oeste baiano, que encontravam-se em péssimas condições de conservação. O pleito é uma antiga reivindicação da Associação junto ao titular da Seinfra e que foi atendido recentemente, com início das obras em duas importantes vias de escoamento da produção agrícola: A BA-225 (Coaceral) e a BA-459 (Anel da Soja).

Na primeira foi concluída a aplicação do Tratamento Superficial Duplo (TSD) e, segundo o secretário, a intenção adicionar uma camada de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) – o mais nobre dos pavimentos, proporcionando, assim, uma durabilidade maior da vida útil do asfalto.

Já no Anel da Soja estão sendo realizados os serviços de tapa-buraco e a reconstrução dos 25 Km que estavam em pior situação. A intervenção é fruto de uma parceria entre o governo do Estado e o Prodeagro (Programa de Desenvolvimento do Agronegócio) – um fundo criado pelos agricultores da região.

Recuperação Anel da Soja.

Recuperação Anel da Soja.

“Deveremos terminar as obras nesta rodovia tão logo o financiamento pelo Banco Mundial seja liberado, o que deverá ocorrer até novembro próximo”, garantiu Cavalcanti.

Para o presidente da Aiba, a parceria entre o Estado e o Prodeagro é um exemplo a ser seguido. “Isso mostra como podemos avançar muito nas questões de infraestrutura, usando os recursos do fundo de forma rápida, eficiente e a um baixo custo quando comparado com as obras públicas. Estamos fazendo muito com o pouco que nos foi dado e tenho a certeza de que faremos muito mais no futuro”, disse Busato citando outras importantes obras que estão sendo feitas com os recursos do Prodeagro.

Ele destacou outras intervenções em parceria com a Patrulha Mecanizada da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), a exemplo da estrada da “Garganta”, que conta com a parceria com os produtores rurais para recuperação de 35 Km; da estrada que liga Canápolis a Cascudeiro, em parceria também com a prefeitura de Canápolis; os tapa-buracos nos trechos entre Barreiras/Angical, São Desidério/Roda Velha, além da construção do Graer, em Barreiras.

Energia

Outra boa notícia foi dada pelo secretário Marcus Cavalcanti sobre a melhoria na rede elétrica do Oeste, já que a Anel autorizou as empresas Paraíba e São Pedro a interligarem as linhas Barreiras 1 e Barreiras 2, além de concluir a subestação Rio das Éguas, aumentando assim a quantidade de energia em 250 megawatts para a região, isto deve melhorar o fornecimento de energia até outubro próximo, prazo que as obras deverão estar concluídas .

Quanto à rede de energia que vem da Hidroelétrica de Belo Monte, que estava sendo construída pela Abengoa e quem realmente vai resolver o problema de fornecimento de energia para a região Oeste, Cavalcanti ressaltou que infelizmente ela ainda não foi licitada pelo governo federal, mas que, nas próximas semanas, será marcada uma audiência com o Ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra, em Brasília, para tratar do assunto.

Ascom Aiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.