Com apoio do IBA, Aiba cria cartilha sobre a área da Matopiba

AIBA - Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia > Notícias > Notícias > Com apoio do IBA, Aiba cria cartilha sobre a área da Matopiba

Conteúdo é resultado de projeto conduzido junto com o IBA e um exemplo de como as associadas podem contar com o apoio do Banco do Conhecimento.

Ao longo dos últimos meses, o IBA tem disponibilizado em seu site – em particular, no Banco do Conhecimento – importantes informações sobre elaboração e gestão de projetos, temas os quais fazem parte da expertise do Instituto, em sua missão de colaborar para o crescimento da cotonicultura. Dessa forma, profissionais do setor algodoeiro puderam aprender mais sobre como funciona um projeto na área e, assim, colocá-lo em prática. Foi o que fez a Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa) com a criação da cartilha sobre Regularização Ambiental de Propriedades Rurais na Bahia, conduzida pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba). Um projeto financiado pelo IBA.

Embora a primeira versão tenha sido criada em 2015, neste ano, a publicação, antes limitada ao estado da Bahia, foi atualizada e ampliada, contemplando agora todo o Matopiba, área de confluência entre os estados Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Considerando as particularidades da região, o Matopiba tem se destacado nacionalmente por recordes na produção de grãos e fibras no Brasil.

O Matopiba

Na cartilha desenvolvida pela Aiba, os interessados na produção de algodão tem à disposição informações relevantes da região que envolve os quatro estados. Além disso, ela possui as orientações necessárias sobre regularização de propriedades rurais, com destaque para a adesão ao Programa de Regularização Ambiental (PRA) e inscrição ao Cadastro Ambiental Rural (CAR), previsto no Art. 29 da Lei nº 12.651/2012. O intuito é deixar o produtor rural cada vez mais informado sobre a importância de cumprir a legislação ambiental vigente – iniciativa amplamente fomentada pela Aiba e Abapa aos seus associados, por acreditar que este é o caminho para a sustentabilidade do agronegócio. Nesse contexto, buscou-se a fundamentação legal quanto às áreas destinadas ao Uso Alternativo do Solo, às Áreas de Preservação Permanente (APP’s), de Reserva Legal e de Uso Restrito, as quais, em conjunto, contribuem para a sustentabilidade da propriedade rural.

Banco do Conhecimento

O IBA tem como missão fazer a Gestão do Conhecimento dos projetos do setor algodoeiro no Brasil. O Banco do Conhecimento é uma iniciativa que essencialmente contribui para essa missão, ao compartilhar e disponibilizar publicamente as melhores e mais produtivas práticas da cotonicultura.

Ascom IBA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.