Aiba | Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia - Projeto Feira Segura chega a Barreiras - Aiba | Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia


Projeto Feira Segura chega a Barreiras

Publicado em: 18/06/2020 9:50:34

Ação é fruto de parceria entre SPRB, Faeb/Senar e Prefeitura com intuito de distribuir informações e materiais de higiene aos feirantes

         Em tempos em que todos estão preocupados com a higienização das mãos, os produtores rurais do Oeste da Bahia vão além para oferecer alimentos já higienizados, reduzindo, assim, as chances de proliferação de vírus e bactérias. Tudo isso através da adoção de cuidados simples durante a exposição e a comercialização dos produtos. A ação integra o projeto Feira Segura, implantado nesta quarta-feira (17), em Barreiras, pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras (SPRB) e pelo Sistema Faeb/Senar, com o apoio da Prefeitura local.

A iniciativa consiste em capacitar os pequenos agricultores e comerciantes, além de equipá-los com materiais de higiene para pessoas e produtos. A formação ficou a cargo do SPRB, enquanto a distribuição dos kits foi realizada pela Faeb. Nesta primeira etapa, um grupo de 50 comerciantes da feira livre de Barreiras recebeu instruções e material de trabalho, como luvas, camisas, máscaras, aventais, toucas e embalagens, a fim de proporcionar uma melhor apresentação pessoal e dos itens comercializamos.

“O objetivo do curso é conscientizar esses pequenos produtores que comercializam sua produção na feira que há forma segura de manusear, expor e vender seus itens, sem expor a si e a terceiros ao risco de contaminação. Sem falar que itens bem embalados e profissionais bem equipados transmitem um aspecto melhor, tanto do ponto de vista estético quanto sanitário”, pontuou o presidente do SPRB, o também produtor rural Moisés Schmidt.

Segundo ele, para fazer jus ao nome do projeto, a formação respeitou as diretrizes de segurança, mantendo o espaço mínimo entre os participantes, além do uso de máscaras e álcool gel entre alunos e palestrante. O projeto contou, ainda, com a parceria do município, que seleciona os feirantes a participarem da ação.

“Este é um projeto criado e pensado para minimizar os impactos minimizados por esta pandemia, e tenho certeza que juntos poderemos colocá-lo em prática, garantindo aos trabalhadores e pequenos produtores rurais a possibilidade de comercialização de seus produtos e, à população, acesso a alimentos saudáveis e seguros”, observou o presidente do Sistema Faeb/Senar, Humberto Miranda.

Para Elisiane dos Santos, que há mais de 10 anos tem uma barraca na feira, a ação agregou valor e impulsionou as vendas. “Os produtos dentro das bandejinhas e cobertos com plástico filme ficam mais apresentáveis. As pessoas sentem mais confiança e compram mais. Nesse momento de crise isso faz muita diferença”, pontua.

O projeto Feira Segura já passou por dezenas de cidades, orientando estados e municípios a promoverem feiras livres com segurança, com intuito de reduzir os impactos da pandemia. “Dá gosto de chegar aqui na feira e ver tudo embaladinho, chega deu vontade de levar mais para casa, pois além do aspecto de limpeza transmite também a segurança de saber que estou comprando um alimento que não ficou exposto à contaminação”, comentou o autônomo João Pedro Silva.