Aiba | Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia - Produtores de algodão investem R$ 1,3 milhão em ações de combate ao coronavírus na Bahia - Aiba | Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia


Produtores de algodão investem R$ 1,3 milhão em ações de combate ao coronavírus na Bahia

Publicado em: 01/06/2020 14:22:50

Ações coincidem com mês de aniversário de 20 anos da Abapa, entidade que reúne os cotonicultores em prol do desenvolvimento sustentável e integrado da produção de algodão do estado.

Em tempos difíceis com a pandemia da Covid-19, os produtores de algodão da Bahia vêm demonstrando mais uma vez que plantam mais do que emprego, renda e desenvolvimento, mas também solidariedade. Unidos pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), eles investiram, até agora, R$ 1,3 milhão em ações de enfrentamento ao novo coronavírus beneficiando diretamente milhares de baianos. Prestes a completar duas décadas de contribuição ao desenvolvimento do algodão baiano, neste domingo (31), a entidade redirecionou planos, ações e recursos para focar na urgência do momento apoiando a população durante a pandemia da Covid-19.

Uma medida urgente e necessária foi o apoio à Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) para a instalação do primeiro laboratório certificado do Oeste da Bahia para o processamento de testes da Covid-19. Foram investidos R$ 370 mil em recursos para a aquisição de equipamentos e insumos que vão garantir neste primeiro momento a realização de até três mil análises. A entidade também realizou a doação de 70 quilômetros de tecidos 100% algodão para a produção de 700 mil máscaras com distribuição para prefeituras e entidades em mais de 100 municípios baianos.

A cotonicultora e diretora da Abapa, Alessandra Zanotto Costa, acredita na força da união entre todos setores para vencer o coronavírus. “Os produtores estão mais uma vez ao lado da comunidade. É preciso entender que apesar de estarmos “no mesmo barco”, a realidade de cada um não é a mesma. Cada doação e participação de apoio à população é fundamental e pode fazer grande diferença no enfrentamento da pandemia”. Para o produtor rural e vice-presidente da entidade, Paulo Schmidt, esta é uma crise de saúde de nível mundial que está impactando a vida de todos. “Os produtores sempre estiveram envolvidos, de forma individual ou coletiva por meio das associações, no apoio a projetos e ações sérias que trazem o desenvolvimento integrado com a sociedade no Oeste e em toda a Bahia. Neste momento não poderia ser diferente. Estamos orgulhosos de ter contribuído e feito a diferença, afirma.

A Abapa também fez a doação de eletrocardiograma e monitores de aparelhos respiradores a serem utilizados nos atendimentos do Hospital do Oeste (HO), que vem sendo responsável por abrigar os pacientes com sintomas graves da Covid-19 em 37 municípios de abrangência no Oeste da Bahia. Ao representar o HO durante a entrega, o líder geral, Ivanildo Oliveira, reforça a importância da parceria que a Abapa tem com a região Oeste. “Este é o momento de estarmos empenhados juntos nessa corrente”, afirma.

O prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira, garante que “o apoio dos produtores e de todo o setor agrícola tem sido fundamental neste momento de crise, quando os empresários e a população se mostram solidários”. Já o prefeito de Barreiras, Zito Barbosa, acredita que “a soma das ações do poder público e das entidades fortalecem a luta contra o Coronavírus com foco na proteção da vida da nossa população. Enalteço e agradeço mais uma vez o espírito de solidariedade dos nossos produtores rurais”, afirma.

No mês de aniversário da entidade, a Abapa ainda disponibilizou o setor de compras e logística para a aquisição e entrega em tempo hábil dos equipamentos do laboratório de testes da Covid-19; para a doação de 8 mil toalhas de algodão destinadas para as unidades hospitalares dedicados ao tratamento da Covid-19 em toda a Bahia; e materiais de saúde e de proteção e segurança para os profissionais da saúde que estão na linha de frente no atendimento nas unidades de saúde na capital e no interior da Bahia.

Para o presidente da Abapa, Júlio Cézar Busato, os produtores rurais estão novamente de parabéns ao manterem as suas atividades do campo, reforçando todas as regras determinadas pelas autoridades de saúde, ao mesmo tempo que contribui com a sociedade para combater o coronavírus na cidade. “Só vamos ganhar essa guerra se tivermos união, solidariedade e responsabilidade. É isto que os agricultores do Oeste, a diretoria e associados da Abapa estão empenhados neste momento”, afirma.

Assessoria de Imprensa Abapa