Entidades do agronegócio solicitam redução do custo da energia elétrica para atividades irrigadas

AIBA - Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia > Notícias > Notícias > Entidades do agronegócio solicitam redução do custo da energia elétrica para atividades irrigadas

O valor das tarifas de energia elétrica cobrado sobre as atividades agrícolas voltou a ser pauta de discussão entre produtores rurais e representantes  Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). Em salvador, os presidentes da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Celestino Zanella, e da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Cézar Busato, se reuniram, na quinta-feira (18), com os gestores da Unidade de Clientes Corporativos da concessionária, Paulo Medeiros e Bruno Matos, para discutirem uma possível revisão do valor. Além da redução da tarifa, a categoria pleiteia a ampliação do horário reservado às atividades de irrigação, incluindo no calendário os sábados, domingos e feriados nacionais.

Diante do compromisso assumido pelos representantes da Coelba de tentarem viabilizar o atendimento da solicitação, Busato avaliou positivamente o encontro. “A Coelba vai trabalhar em duas frentes: a primeira é fazer um projeto para avaliar o valor da diferença nas contas de irrigação da Bahia, fazendo o horário reservado; e a segunda é encaminhar à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) o pedido para que seja autorizado o desconto”, afirmou.

A realização dessa reunião atende a uma orientação do Ministério de Minas e Energia (MME), haja vista que ficou a cargo das entidades de classe levarem as reivindicações às concessionárias e permissionárias de energia elétrica dos seus respectivos estados. Na Bahia, a Aiba e Abapa ficaram responsáveis pela negociação com os dirigentes da Coelba. O encontro foi intermediado pelo Superintendente de política do Agronegócio da Seagri, Guilherme Bonfim.

Ascom Aiba, com informações da Abapa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.