Aiba | Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia - Agricultores baianos lançam programa educacional para aproximar o campo da cidade - Aiba | Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia

Agricultores baianos lançam programa educacional para aproximar o campo da cidade

Publicado em: 13/05/2019 10:05:53

A Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) lançou um novo programa educacional que visa aproximar a realidade da produção agrícola do campo junto aqueles que moram nas cidades.  Intitulado de “Conhecendo o Agro”, a atividade de abertura do programa foi realizado na última quinta-feira (9) em Barreiras, e quarta-feira (8) em Luís Eduardo Magalhães, com uma palestra de formação para os professores da rede pública de ensino. Neste primeiro momento, os profissionais da educação puderam saber mais da importância do setor agrícola para o desenvolvimento socioeconômico e do alto nível de tecnificação que passa por todos os processos que envolvem a produção, como o plantio, manejo e combate e pragas, colheita, armazenagem e comercialização, mostrando o caminho entre a produção e o resultado final para o consumidor.

Durante o lançamento do Programa pela Abapa, o presidente da entidade, Júlio Cézar Busato, explica que este é um projeto piloto que deve chegar a todos as escolas das cidades, em parceria com os municípios, por meio da sensibilização dos professores e estudantes. “A agricultura se desenvolveu muito na última década principalmente em termos de tecnologia implementos e máquinas. Vamos demonstrar isto em atividades como visitas às fazendas para que os professores e alunos possam conhecer os processos e cadeia produtiva do agronegócio baiano, que hoje é reconhecido como um dos melhores do Mundo. Acreditamos que é através da Educação que acontecem as grandes transformações na vida das pessoas e das regiões. Vamos mostrar o que realmente acontece no campo para diminuir qualquer tipo de separação ou de preconceito que possa existir junto àqueles que trabalham para levar o alimento a mesa das pessoas”, afirma.

Ainda na lista das próximas atividades do programa está a construção dos projetos de intervenção interdisciplinar a serem desenvolvidos pelas unidades escolares com o apoio da Abapa e Senar. Integram o “Conhecendo o Agro” neste primeiro momento, os professores do Colégio Municipal Padre Vieira, de Barreiras; e das escolas Ângelo Bosa, Dom Ricardo Josef Weberberger, Vania Aparecida Santos Ribeiro, Onero Costa da Costa e Ottomar Schwengber, de Luís Eduardo Magalhães. Para a gestora do Colégio Padre Vieira, Elisângela Batista, a iniciativa será um grande desafio para os professores para tentar levar os estudantes a conhecerem mais o agronegócio, que está ao mesmo tempo próximo e distante da realidade deles. “Dos 1,3 mil estudantes, 350 são oriundos da zona rural de Barreiras, e nunca tivemos este tipo de apoio para ter uma metodologia de ensino que possa despertar o interesse dos deles para o tema ou mesmo para atuar dentro deste mercado”, afirma.

Ao lecionar a disciplina de Matemática, a professora Rêslian Barbosa, está entusiasmada com o desafio proposto de levar este conhecimento mais específico para os seus estudantes. “O objetivo é primeiro conhecer para, em um segundo momento, passar a planejar como este conteúdo será inserido na disciplina”, afirma. Bastante satisfeita com o início do programa “Conhecendo o Agro” em Barreiras, a secretária de educação de Barreiras, Cátia Alencar, afirma que o projeto vai ajudar a reduzir a distância e as diferenças vivenciadas entre o campo e a cidade. Já a secretária de educação de Luís Eduardo Magalhães, Maria Rosilene Sertão, acredita que o projeto ajudará a disseminar boas práticas e as tecnologias empregadas no setor agrícola para a realidade dos estudantes e dos profissionais da educação.

Parceira do projeto, a vice-presidente da Federação de Agricultura do Estado da Bahia (FAEB), Carminha Missio, acredita que na união do setor produtivo da região para levar para toda a sociedade a importância do agronegócio.  “O lugar adequado para discutir a importância do produtor, das culturas locais e a relevância delas para o desenvolvimento da região tem que ser a escola. Somente a Educação transforma a Sociedade”, reforça.  Realizado pela Abapa, o Programa Educacional “Conhecendo o Agro” conta com a parceria da FAEB/Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Sindicato dos Produtores Rurais e Secretarias Municipais de Educação de Barreiras e de Luís Eduardo Magalhães e da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba).

 

Assessoria de Imprensa Abapa