04 de outubro de 2021

Produtores rurais do Rosário e a Aiba debatem cenário atual do agronegócio

Com o objetivo de dialogar sobre assuntos relacionados ao agronegócio, produtores rurais da região do Rosário, no município de Correntina, receberam a comitiva da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), na última quinta-feira (30), na sede local da Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa) naquela comunidade. A reunião anual, que estava suspensa desde o início da pandemia, retornou com o debate de pautas relevantes para o setor nos âmbitos local, regional e nacional.

“Estamos lutando, com muita garra, para defender os interesses do agronegócio e da região como um todo. Nesse momento, em que alcançamos uma série de conquistas para a classe agrícola, é uma oportunidade para reafirmarmos nossa união, para continuarmos vencendo os grandes desafios que temos pela frente”, disse, na ocasião, o presidente da Aiba, Odacil Ranzi. Além de tratar de assuntos importantes como as discriminatórias de terras e as questões da Divisa BA/TO, o dirigente lembrou que a articulação da entidade agrícola, com o apoio dos produtores associados, tem sido fundamental para o fortalecimento da atividade agropecuária regional.

Luiz Carlos Bergamaschi, presidente da Abapa e anfitrião do encontro, falou sobre o Programa ABR (Algodão Brasileiro Responsável) – iniciativa em prol de uma produção mais sustentável do ponto de vista econômico e socioambiental – apresentou os esforços das entidades para a complementação da Infraestrutura rural e discorreu sobre a qualidade do algodão produzido na região. “O que temos feito pelo Oeste baiano vai além da produção de fibra e grãos. O setor agrícola regional tem conduzido, com muito êxito, uma série de projetos ambientais, econômicos e sociais que beneficiam diretamente o produtor a população”, afirmou.

Houve, também, a participação de entidades parceiras em diversos projetos empreendidos, na região, como a Polícia Militar, representada pelo Capitão Weber, que falou sobre segurança pública no campo e destacou as ações e o lançamento do aplicativo da Operação Safra. O coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Agronômica – CEAGRO, do CREA-BA, também fez uma breve apresentação sobre o relacionamento entre o órgão e os produtores, ressaltando a importância da pronta disponibilidades de documentos, em momentos de fiscalização.

O evento, organizado pela delegada da Aiba, Suzane Piana, teve, ainda, a participação do vice-presidente da entidade agrícola, Moisés Schmidt, o diretor financeiro, Hélio Hopp, e o diretor executivo Alan Malinski.