04 de junho de 2022

Instituições financeiras garantem as melhores negociações na Bahia Farm Show

Dez instituições financeiras estão presentes na 16ª edição da Bahia Farm Show, com linhas de financiamentos atraentes e juros facilitados para a aquisição de máquinas, veículos, insumos, energia solar e tecnologias ligadas ao setor do agronegócio. Estão participando da 16ª edição da Bahia Farm Show: Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Banco Original, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Cooperfarms, Desenbahia, Santander, Sicredi e Sicoob. Parceiras do agronegócio, e também patrocinadoras da Bahia Farm Show, as financeiras estão garantindo aos produtores rurais crédito para investimentos nas safras, com negociação facilitada e redução de parte da burocracia.

Presente em todas as edições anteriores da feira, a Desenbahia está disponibilizando linhas de financiamento para investimentos em aumento da produção, modernização das instalações, além de compra de máquinas e equipamentos para o agronegócio baiano. Para o Banco do Nordeste (BNB), a presença na Bahia Farm Show é uma ação prática do cumprimento do papel do fortalecimento regional. Para o presidente da entidade, José Gomes da Costa, “o oeste baiano há tempos já vem mostrando a sua força no setor rural. A Bahia Farm Show é uma vitrine disso, pela relevância, e pelo volume de transações realizadas”.

Caixa Econômica e o Banco do Brasil também integram o time de empresas que estão facilitando o acesso ao crédito ao produtor rural na Bahia Farm Show. As instituições financeiras, com atuação em todo o País, ajudam a possibilitar o fortalecimento da cadeia produtiva do algodão na Bahia. Já veteranas na feira agrícola, as instituições ligadas ao cooperativismo também marcam presença com o Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi), Sicoob e a Cooperfarms, também estão oferecendo as principais linhas do mercado para a aquisição de maquinário, e destaca o financiamento de energia solar.

“Essa participação e interação dos bancos fortalecem cada vez mais a cadeia produtiva do agronegócio na Bahia e em toda a área de abrangência do Matopiba, principalmente para aqueles que acreditam na terra e na tecnologia. As instituições financeiras fazem parte do sucesso dos resultados de volume de negócios da feira que devem ultrapassar os resultados das edições passadas. Além das instituições financeiras públicas e das cooperativas, destaco também a participação da iniciativa privada presentes, como o Banco Original, Bradesco e Santander, que fazem a sua parte para o desenvolvimento regional”, afirma o diretor-executivo da Bahia Farm Show, Alan Malinski.

Os resultados positivos na comercialização das feiras anteriores e o otimismo dos agricultores com o resultado da colheita da Safra 2021/22 apontam forte possibilidade de um novo recorde de negócios fechados. Na última edição, a Bahia Farm comercializou R$ 1,9 bilhão, e a previsão, como já antecipou a organização, é de superar o volume de negócios na feira, que será realizada até sábado (4).

Ascom Bahia Farm Show