16 de dezembro de 2021

Aiba e Abapa buscam mais segurança e melhor conectividade no campo

A Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e a Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa), representadas por seus presidentes, Odacil Ranzi e Luiz Carlos Bergamaschi, respectivamente, estiveram em Salvador cumprindo uma ampla programação de visitas e reuniões em órgãos públicos estaduais, com o objetivo de buscar melhorias para diversas áreas relacionados ao agronegócio, com destaque para conectividade e segurança, que têm reflexos positivos para toda a comunidade regional. Duas dessas reuniões ocorreram nesta terça-feira (14). 

A primeira, foi realizada na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), com a responsável pela pasta, Adélia Pinheiro. Na ocasião, os dirigentes abordaram as condições de conectividade no campo e solicitaram melhorias. “Os produtores têm feito grandes investimentos em tecnologia para aumentar a produtividade. Muitas delas precisam de internet de qualidade para apresentar os melhores resultados. Então, para nós, esse é um fator extremamente importante”, disse o presidente da Aiba, Odacil Ranzi. 

A secretária, por sua vez, demonstrou interesse em desenvolver, conjuntamente, projetos que possam contribuir para o avanço das telecomunicações nas áreas rurais do Oeste baiano, como forma de fomentar o desenvolvimento do setor agrícola e das comunidades inseridas no contexto.

Houve um encontro, também, com o superintendente de Gestão Tecnológica e Organizacional (SGTO), da Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia, coronel PM Marcos Oliveira. Com o oficial, foram iniciadas as conversas para a instalação de câmeras de monitoramento, em locais estratégicos da região, visando elevar a segurança e aumentar os índices de elucidação de crimes, tanto na área urbana, quanto no meio rural.

Imprensa Aiba