Aiba | Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia - Abapa orienta produtores beneficiados com kits de irrigação no Sudoeste da Bahia - Aiba | Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia


Abapa orienta produtores beneficiados com kits de irrigação no Sudoeste da Bahia

Publicado em: 26/03/2019 8:34:09

Os técnicos do programa Fitossanitário da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) promoveram na última semana, nos dias 19, 20 e 21 de março, uma série de três encontros com os pequenos produtores de algodão beneficiados com kits de irrigação nesta safra  nas cidades de Candiba, Iuiú e Palmas de Monte Alto, no Sudoeste da Bahia. Na oportunidade, eles foram orientados sobre a importância da adesão de tecnologias em sementes e da prevenção e manejo no controle de pragas e doenças do algodão, a exemplo do Bicudo do Algodoeiro e Mosca Branca.  A doação do kit de irrigação e o suporte técnico estão ligados ao programa de transferência de tecnologia e incentivo ao desenvolvimento da cotonicultura no sudoeste baiano, que vem sendo promovido pela Abapa nas últimas quatro safras da região.

Para o coordenador do programa fitossanitário da entidade, Antônio Carlos Araújo, estes encontros são fundamentais para estimular o uso de tecnologia de irrigação e controle de pragas para atingir as produtividade e garantir maior rentabilidade com a produção de algodão. “A entidade disponibiliza uma estrutura com dois técnicos para monitorar a safra de algodão na região e garantir esse apoio para aqueles que pequenos produtores que foram beneficiados com os kits”, afirma ele, que participou dos encontros com os assistentes técnicos, José Lupércio e Lucivaldo Martins.

Para o presidente da Abapa, Júlio Busato, a entidade está cumprindo o seu papel social ao promover a sustentabilidade e maior produtividade nas pequenas e médias lavouras, levando mais geração de renda e oportunidade para que as famílias de agricultores se mantenham no campo no sudoeste baiano. “Na região, a irrigação é fundamental para que seja retomada a histórica vocação do plantio de algodão, prejudicada nas últimas décadas por veranicos intensos e prolongados, e pelo bicudo do algodoeiro, que destruiu as lavouras. Além dos kits, estamos focando também na transferência de conhecimento e tecnologia atualmente reunida e disponibilizada pelos agricultores e técnicos ligados à Abapa”, afirma.

No início da safra, 2018/2019, foram doados 50 novos kits para incrementar a produção de dez municípios do vale do Iuiu, na região de Guanambi, que na década de 90, já foi o principal pólo de produção de fibra da Bahia. Nas safras anteriores, foram disponibilizados 84 kits e produtores assistidos pelos técnicos do programa fitossanitário da Abapa.O projeto, executado pela Abapa, investiu R$ 328,2 mil , com recursos do Fundo do Desenvolvimento do Agronegócio (Fundeagro) nesta safra.

 

Assessoria de Imprensa Abapa