Sematur, Inema e produtores rurais traçam planejamento para prevenção e combate a incêndios florestais

Publicado em: 12/05/2017 14:46:50

Discutir as diretrizes e as ações que serão tomadas para fortalecer o combate e a prevenção de queimadas no município de Barreiras. Este foi o objetivo da reunião realizada na sede da Unidade Regional do Inema, nesta última segunda-feira (08), com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo- Sematur, Bahia Sem Fogo e a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia – Aiba.

No encontro foram discutidos o plano de ações concretas para prevenção e o combate de incêndios florestais em áreas urbanas e rurais, intensificando a fiscalização e monitoramento geográfico. Também foi debatido a necessidade de realização de cursos, treinamento de brigadistas do Programa Bahia Sem Fogo, reuniões públicas, oficinas com as comunidades rurais, campanhas de prevenção e sensibilização social.

A coordenadora do Programa Bahia Sem Fogo, Fabiola Cotrim afirmou que “é importante sensibilizar de forma crescente a população da região, principalmente em época de estiagem, entre os meses de julho a dezembro, que ocorre uma grande incidência de incêndios florestais em todas as regiões da Bahia, apontando como fator decisivo para essas ocorrências a falta de sensibilização e conscientização das pessoas quanto à gravidade dessa ação, por isso a importância da formação continuada dos colaboradores dos órgãos, brigadistas, representantes das prefeituras municipais e outros segmentos da sociedade”.

O planejamento integrado ainda propõe a ampliação do monitoramento que vem sendo feito pela Aiba em uma área de 790 mil hectares na região Oeste, em parceria com a Sematur e Inema, permitido assim, agilidade nos processos de identificação dos focos, verificação aérea, confirmação de incêndios e ação de combate dos brigadistas. O projeto prevê além da identificação do foco de calor, a disponibilização de aeronaves com rádio, carros pipas, máquinas e equipamentos como pá carregadeiras, tratores com grades para aceiros, pulverizadores autopropelidos, ônibus e toda linha de equipamentos de proteção individual – EPI,s  e manuais.

Para a diretora de Meio Ambiente da Aiba, Alessandra Chaves, “as ações preventivas de monitoramento associadas a articulação entre diferentes instituições contribuem para diminuir os impactos do fogo na região, tanto em áreas produtivas quanto nos remanescentes de vegetação nativas, reduzindo assim os prejuízos econômicos e ambientais.

Além das representantes da Aiba e do Programa Bahia Sem Fogo, participaram do encontro o secretário da Sematur Ailton José da Silva juntamente com o subsecretário Demósthenes Júnior, o técnico Ronaldo Ursulino e o coordenador regional do Inema, Saul Reis.

Ascom Aiba com informações da Prefeitura de Barreiras.