No Dia do Cerrado, agricultores do oeste baiano apresentam suas contribuições para a conservação do bioma

Publicado em: 12/09/2017 15:11:33

Com o intuito de mostrar para a população barreirense a importância do produtor rural do oeste baiano para a conservação do cerrado e manutenção dos serviços ecossistêmicos, a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) participou, nesta segunda-feira (11), ao lado de outras entidades ligadas à educação e ao meio ambiente, da “Parada Sustentável na Praça” em comemoração ao Dia do Cerrado, celebrado no 11 de setembro.

Segundo dados do Cadastro Florestal de Imóveis Rurais (Cefir), que, na Bahia, corresponde ao CAR Nacional, dos 9,1 milhões de hectares inseridos no bioma cerrado na região, 4,5 milhões estão conservados e 3,1 milhões são produtivos. “Esses números mostram que a área de cerrado conservado pelos produtores rurais do oeste da Bahia é maior que a área produtiva. Ele sabe que o desenvolvimento sustentável é seu grande aliado e, por isto, adota modelos que associam os desafios de produção, cumprimento legal e boas práticas agropecuárias, com manejo adequado do solo e da água e gestão de resíduos”, ressaltou Alessandra Chaves, diretora de Meio Ambiente da Aiba.

Busato entrega pesquisa Embrapa para secretário.

E foi justamente a exposição de materiais informativos e educativos sobre as principais ações do produtor rural para a preservação do bioma, o principal objetivo do estande da Aiba e da Abapa no local. “Pudemos mostrar para os estudantes barreirenses e a população em geral que visitou o evento, que o agricultor não é um vilão, ele faz a sua parte para a conservação do cerrado”, explicou Eneas Porto, analista Ambiental do Centro de Apoio à Regularização Ambiental da Aiba.

Além da participação com o estande, foi entregue à Escola Municipal Manoel Rocha Filho, da localidade do Cerradão, uma impressora multifuncional. O prêmio, financiado pela Abapa, fez parte do momento de valorização das escolas municipais da zona rural através de um sorteio e foi entregue pelo presidente da entidade, Júlio Cézar Busato, que aproveitou o evento para entregar ao secretário de Meio Ambiente de Barreiras, Ailton José, um estudo realizado pela Embrapa Monitoramento por Satélite sobre a conservação do bioma na região. “Temos hoje 3,3 milhões de hectares preservados pelos

Equipe da Aiba e Abapa

produtores em áreas de Reserva Legal em propriedades privadas, sendo que este número é bem maior se somadas às outras áreas, como Áreas de Preservação Permanente (APPs) e veredas. Isso é resultado da parceria entre a Abapa, Aiba, as secretarias de meio ambiente do Estado e da região e do Inema. Demonstramos, assim, que temos geração de riqueza, emprego e renda, além de uma produção de alimentos com sustentabilidade”, completou Busato.

Com o tema “Cerrado: Nosso Maior Patrimônio”, a Semana do Cerrado 2017, organizado pela Prefeitura de Barreiras, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo, continua na próxima quarta-feira (13) com uma “Blitz Ambiental” nos semáforos em torno da Praça Castro Alves, e na próxima sexta-feira (15) com um Dia de Campo, na Fazenda Modelo.

Ascom Aiba